26-29 Outubro
Immersive talks
OLIVIA MERQUIOR

Olivia Merquior é diretora da agência criativa Dacri Deviati, coordenadora de moda do Première Vision Paris na America Latina e fundadora da Brazil Immersive Fashion Week. Seu trabalho é focado em fomentar plataformas para o desenvolvimento de novos olhares criativos, entre eles estão o Centro Brasileiro de Estudos em Design de Vestuário @centro.br e a curadoria das edições do Projeto Estufa da SPFW. Quem quiser conhecer mais sobre seu olhar afiado para assuntos de moda, pode ainda ouvir semanalmente suas conversas no @highlowpodcast.

LEANNE ELLIOTT YOUNG

Leanne Elliott Young é uma líder da indústria, inovadora e comentadora muito procurada, reconhecida globalmente, nos tópicos de futuro da moda, inovações digitais, inclusão em tecnologia, sustentabilidade, tecnologia da moda e disrupção da indústria.

Young passou 15 anos inventando, incubando e instalando conceitos criativos para uma vida voltada para o futuro e fundindo o estabelecido com pontos progressivos centrados na juventude. Liderando o marketing experiencial e a estratégia da Nike na icônica Room 72, Young dirigiu e implementou experiências em todo o mundo dentro da equipe de Marketing e Entretenimento Global.

CATTYTAY

Cattytay é designer 3D autodidata que vive em Londres. Enquanto estudava Design Têxtil no Chelsea College of Art & Design. Enquanto trabalhavam como Chefe de Moda e Fabricação Digital na Merlin, eles voltaram sua atenção para o mundo digital, mergulhando no metaverso 3D e logo se estabeleceram como uma força dominante.

Em 2018, Cattytay fundou a DIGI-GXL, uma comunidade de designers digitais femininos, trans, intersex e não binários no que continua sendo uma indústria dominada por homens. A plataforma oferece orientação técnica de software, consultoria da indústria e suporte criativo para uma comunidade queer de criadores.

ADAM ANDRASCIK

Adam Andrascik é Diretor de Criação, empresário e líder no emergente cenário da moda digital. Ele é cofundador da SHOWstudio Class of 2020/21 com Nick Knight e Rave Digital, uma iniciativa digital de moda x jogo pela primeira vez na Universidade de Ravensbourne. Ele também é líder do curso inaugural de ‘Tecnologia Digital para a Moda’ na Ravensbourne University, a primeira em Londres, com foco em novas tecnologias, sustentabilidade por meio da digitalização e do metaverso, bem como co-fundador da startup Provenanced da Web3.

DARIA SHAPOVALOVA

Antes da DRESSX, Daria fundou o Mercedes-Benz Kiev Fashion Days and More Dash. Chamada de “Abelha Rainha da Moda de Kiev” pela Vogue UK, Daria é famosa por colocar a Ucrânia no mapa da moda mundial. Daria é destaque nas listas Forbes 30 Under 30 Europe e BOF 500 Most Influential People.Sob a orientação criativa de Daria, o Mercedes-Benz Kiev Fashion Days rapidamente se tornou o maior evento de moda da região. Ela fundou o Kiev Fashion Institute e um Fashion Tech Summit. Lá, ela liderou discussões focadas em unir moda e tecnologia. Como o próximo giro em sua carreira, Daria se mudou para São Francisco, fez um MBA, abriu uma empresa nos Estados Unidos, ao lado de sua sócia Natalia Modenova, que se tornou a DRESSX.

NATALIA MODENOVA

Natalia tem mais de 10 anos de experiência na indústria da moda, suas principais atividades incluem a fundação de um showroom More Dash em Paris e a conferência internacional Fashion Tech Summit ao lado de sua parceira de negócios Daria Shapovalova. Natalia foi curadora do curso Fashion Business do Kiev Fashion Institute, curadora da conferência Creative Ukraine.Depois de 4 temporadas como assessora de imprensa no Mercedes-Benz Kiev Fashion Days, Natalia tornou-se COO. Em 2020, Natalia (junto com seu cofundador) lançou sua primeira empresa de tecnologia DRESSX. Natalia Modenova está na lista de Highsnobiety para especialistas TOP13 pesando no Fashion NFT e no Threedium TOP50 Voices conduzindo a conversa em AR, VR e 3D e apresentada na Forbes USA, Financial Times, Vogue Business, WWD, Business of Fashion, Dazed e outras mídias.

JULIE KRASNIENKO

Julie tem mais de 15 anos de experiência na indústria de tecnologia e software móvel, desde o marketing até as operações, conhecendo todos os aspectos dos negócios de tecnologia. Anteriormente, ela liderou o marketing de produto da Looksery, uma startup ucraniana que se tornou líder no campo de realidade aumentada e foi adquirida pela Snap Inc. por US $ 150 milhões. Após a aquisição, trabalhei por 2 anos como Diretor na Snap Ucrânia. Na DRESSX, Julie conecta os mundos online e real ao construir soluções para vestir a moda digital sustentável do futuro.

OLGA CHERNYSHOVA

Ex-analista de negócios da Deloitte, Olga é graduada em Engenharia Mecânica. Depois de se mudar para o Gabão, ela fundou sua organização sem fins lucrativos Kleen’upPOG para disseminar a consciência sobre as questões ambientais, gestão de resíduos e plástico. Olga se juntou à equipe DRESSX primeiro como voluntária e depois assumiu a função de Diretora de Sustentabilidade. Aumentando constantemente seu conhecimento sobre sustentabilidade, ela se formou recentemente no programa Business Sustainability Management da Cambridge University.

TAÍS KOSHINO

É artista visual, pesquisadora e curadora. Sua prática e pesquisa são ao redor do desenho e suas possibilidades de abarcar a imprecisão e a impermanência. Explora essas questões em diversos suportes e mídias. É co-fundadora e curadora do DiverseNFTArt e integrante da equipe de projetos artísticos e comunicação do Hic et nunc. Atualmente, é mestranda no Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade de Brasília. Seus desenhos já foram impressos em diversas publicações e coletâneas nacionais e internacionais. Participou de exposições, feiras e mostras em diversas cidades do Brasil e fora.

CRIS ONOFRE

Trabalha com pintura, desenho, 3D e música. Atualmente imerso em realidades virtuais, metaversos e a linguagem presente no digital/virtual/material através de NFTs. 

 

ESTELLE FLORES

Estelle Flores é formada em Design Gráfico, faz parte do coletivo de arte contemporânea Brutas e fundou a Selva Press, segundo estúdio de impressão risográfica do Brasil, através do qual publica seus próprios trabalhos e articula inúmeras situações em torno da publicação independente na capital do Paraná. Recentemente tem se dedicado a game art, desenvolvendo o projeto Contain Real Ingredients na plataforma Hic Et Nunc, onde a artista simula a vida de outros artistas no jogo The Sims 4 e realiza pinturas que são posteriormente vendidas como NFT.

IAN HABIB

Ian Habib é performer, escritor, curador, pesquisador e professor. Investiga Dança Butô, Performance, Filosofia e Gênero, com ênfase nas poéticas das transformações corporais e alterações dos estados da matéria. Ganhou o Prêmio Açorianos de Dança 2015. Criou o Museu Transgênero de História e Arte, uma obra artística e um conjunto de tecnologias de produção de um Arquivo corpo e gênero variante brasileiro. Criou o Desmonte Seminário, e o ABCDário Desmonte. CoCoordenador da Linha de Estudos Trans, Travestis e Intersexo do grupo de pesquisa NuCus (POSCULT/UFBA).

LINO GABRIEL NASCIMENTO DOS SANTOS

Trans viado sapatômico, negro. Docente do IFSC nos cursos de Moda (Graduação), Vestuário e Modelagem (Técnico) no Ensino de Jovens e Adultos integrado e Ensino Médio integrado, respectivamente. Mestre e doutorando em Antropologia (UFSC). Bacharel Moda (UEM) ativista. Idealizador e membro do REDeM (Rede de Estudos Decoloniais em Moda) e do Encontro BAFO: Moda e dissidências sexuais e de gênero. Idealizador do AFRODITE (UFSC). Participante do NEABI (Núcleo de Estudos Afro Brasileiros e Indígenas – IFSC), do Boysacademicus (Grupo de estudantes transmasculinos e Não binários AFAB), do GESTO (Grupo de Oralidade e Performance – UFSC), do NAIF (Núcleo de Estudos em Arte, Inovação, Moda e Design – UFC) e do IBRAT (Instituto Brasuleiro de Transmasculinidades).

30 Outubro
Immersive Live
Sol Rezza

Compositora e designer de som argentina que combinando eletrônicos experimentais com áudio envolvente. Um especialista em áudio e narrativa digital, ela desenvolve seu trabalho em ambientes virtuais e ao vivo performances movendo-se entre arte, psicoacústica e tecnologia.

Analúcia Roeder

Artista multimídia, trabalha em várias mídias, incluindo documentário, filme experimental, animação 3D e RV. Co-dirigiu a videoinstalação Ángulo Obtuso (Argentina, 2016) e o documentário experimental Cocachauca, eleito o filme mais inovador pelo CINECIEN (Argentina, 2017). Em 2018, ela estreou sua primeira experiência de RV, Extensión01, e este ano, seu segundo trabalho de RV, Inside A fez parte da exposição Amplify no Somerset House Studios em Londres.

Marianne Teixido

Artista digital, pesquisadora, músico e empresária. A abordagem transdisciplinar de seu trabalho vincula pesquisa social, estudos de software, código-fonte, música de computador, dados, software livre, videoarte e reapropriação, escrita expandida, internet, ciber-hackfeminismos e experimentação sonora.

AGENDA PARALELA

Metaverso | íon

Saiba mais

Mais informações em breve!

Metaverso | RU4

Saiba mais

Mais informações em breve!

Metaverso | Pupila Dilatada

Saiba mais

Mais informações em breve!

Exposição | Mutha

Saiba mais

Mais informações em breve!

Metaversos
Íon

A exposição ÍON, que inaugura o projeto AFTER IMAGE do BRIFW, apresenta o processo criativo por trás de 4 coleções do estilista Lucas Leão. Os participantes terão a oportunidade de conhecer mais sobre as possibilidades dos espaços virtuais assim como os impactos das novas tecnologias na criação dos estilistas. Em um amplo deserto, cada coleção da marca ocupará um oásis próprio. Dentro dessas estruturas de visitação, poderemos interagir com avatares, vídeos, fotos e ações de realidade aumentada. Todas as inspirações, moodboard, trabalho de colaboradores, desfiles e trilhas sonoras estarão organizadas no espaço fazendo com que a exposição crie uma imersão completa no universo do estilista.

 

A exposição é uma ação coletiva de artistas a convite da BRIFW e conta com o apoio de parceiros importantes.

RU4

RU4 é uma coleção e desfile-game que expressa um trânsito tecnológico nos espaços urbanos e naturais. O caos e alta saturação presentes vem da influência de locais e experiências no Rio de Janeiro. A matéria prima do mundo físico, como elementos da rua, pinturas e desenhos são levadas ao contexto digital, onde é possível trazer novas experiências imersivas, como jogos.

Pupila Dilatada

Pupila Dilatada foi a primeira exposição com NFTs da blockchain Tezos e do Hic et Nunc. A exposição contempla diferentes práticas artísticas e visualidades agrupadas pela arte psicodélica que possui cores vibrantes e imagens delirantes.

 

Em seu segundo capítulo, Pupila Dilatada continua se expandindo. Essa edição acontece em um metaverso construído na plataforma Arium: um espaço virtual onde os visitantes podem caminhar, pular, interagir com as obras e se comunicar através de áudio e vídeo com os demais presentes. A exposição tem a participação de mais de 60 artistas brasileiros e internacionais.

Mutha

A Primeira Exposição MUTHA visibiliza trabalhos artísticos de mais de 56 pessoas trans. São 25 pessoas da Bahia. Além delas, a exposição visibiliza outras 23 pessoas convidadas de todo o país. Em adição, o projeto curatorial contemplou 15 artistas em um processo de seleção, partindo de um incentivo às inscrições no nosso Arquivo Artístico de Dados, que continua aberto. Finalizando, mais 6 artistas compõem a seção Conexões Globais, destinada a pessoas de outros países vivendo no Brasil e pessoas do Brasil vivendo em outros países.